25 de março de 2016

422 PESSOAS DETIDAS NA CHINA POR PIRATEARIA DE TV

422 PESSOAS DETIDAS NA CHINA POR PIRATEARIA DE TV





A policia chinesa prendeu 422 pessoas envolvidas na produção, venda ou usando equipamento ilegal e software para videos de acesso e programas de televisão, anunciou hoje o Ministério da Segurança Publica.
A agência disse que, no âmbito da operação, 750 casos foram investigados e confiscaram 830.000 software e equipamentos ilegal no valor  de mais 320 milhões de yuans ( cerca de 49,1 milhões de euros)
Por exemplo, ele observa que dois irmãos, de sobre nome Zhang, construiu um receptor para assistir televisão online como um modelo comercializado e vendido pelo menos 100.000 peças para clientes de todo país.
Um porta voz do Ministério da Segurança em Shenzen, Cai Chengrong, salienta que serviço de tv online ilegais são uma nova  tendência de crimes que requerem altas capacidades técnicas, conforme publicado pela Xinhua.
"Eles desenvolve sistemas de hardware e software para compartilhar conteúdo da televisão estrangeira  e operam sem licença" acrescenta.
A campanha das autoridades, que também acusam estes serviços de transmissão de programação proibida, pornografia, entre outras coisas, coincide com um aumento dos programas de censura e de televisão online.
 

0 comentários:

Postar um comentário